Insurgente (#2): resenha do filme

Por Rai Louven
@rai_louven

insurgent-3d

Eu sei que já passou muito tempo desde a estreia do filme, em 19/03, 😯 na verdade, nem se ele ainda está em cartaz, mas eu finalmente consegui assistir o filme na semana passada e agora aqui estou eu para falar sobre o que achei de Insurgente.

Só para refrescar a memória, Insurgente é uma adaptação do livro de mesmo nome, que pertence à trilogia Divergente, escrita por Veronica Roth, lançado pela Editora Rocco. Nesse segundo filme, Beatrice, mais conhecida agora como Tris, se depara com o início de uma verdadeira revolução, e junto ao seu instrutor/parceiro/namorado/confidente/guarda-costas, Quatro, ou Tobias, para os mais íntimos, ela se vê obrigada a lutar a favor dos mais justos.

Eu estava super ansiosa para assistir o filme por três motivos:

◘ #1: porque eu queria saber como a estória seria mostrada nos cinemas, se iriam seguir mais o livro ou não,
◘ #2: porque eu estava louca para ver a Tris em ação (essa menina é pica das galáxias, sou mega super fã dela!);
◘ #3: porque eu via os posts no insta, face, twitter sobre o filme e os comentários me deixavam cada vez mais curiosa!!

No geral eu gostei do filme, ele foi muito bem trabalhado, teve uns efeitos especiais bem legais, tem bastante ação, mas há muitas coisas bem diferentes do livro. Como muitos leitores falaram na Internet, realmente o filme é só uma adaptação, o que significa que ele não precisa seguir tudo conforme descrito no livro.

Apesar das mudanças, o filme é bom em muitos aspectos, como por exemplo, a participação da atriz Octavia Spencer (maravilhosa!!) que “divou” interpretando a personagem Johanna, líder da facção Amizade. Quem apenas assistiu Insurgente provavelmente vai amar o filme, a história, todo enredo e as cenas de ação!! Só que, infelizmente, não terá a interpretação original e real da trilogia.

Agora, quem leu o livro, pode ficar um tanto chateado com as muitas mudanças realizadas e cortes feitos, mas fazer o que neh?! Em diversos momentos no cinema eu ficava com cara de: “HÃ?! Como assim gente?!!”, principalmente quando chegou no final. O que será que eles vão aprontar em Convergente então???

Não posso deixar de comentar: que mãe é aquela que arranjaram para o Quatro? Gente, nada contra a atriz Naomi Watts, mas gente, a Evelin estava ótima para ser uma amiga da mesma idade do filho. Se eu for parar para falar dos personagens retratados no filme… vou ficar horas aqui. Apenas saiba que eles são bem diferentes do livro! rsrs Para ser justa, já que toquei no assunto, eu gostei muito da diversidade do elenco escalado, uma vez que eles saem do padrão e apresentam uma mistura de brancos, morenos, negros, loiros e orientais entre a população de Chicago!

Ainda sobre os personagens: eu sou apaixonada pela Tris!! Essa menina é maravilhosa! Admiro muito a coragem, força de vontade e inteligência dela. A atriz Shailene Woodley a interpretou muito bem e merece os parabéns!! *-*

Insurgente está muito bem recomendado para assistir e para ler também, principalmente!! Vou até deixar aqui o link dele no Skoob e também da resenha que escrevi sobre ele aqui no blog.

Anúncios

Um comentário sobre “Insurgente (#2): resenha do filme

  1. Pingback: E vamos falar de Abril?! |

Para comentar, é aqui ó ↓ ....

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s