Resenha: Sussurro (#1), de Becca Fitzpatrick

Por Rai Louven
@rai_louven

Capa_finale brasil

Bendito foi o dia em que uma amiga me apresentou esse livro. Sei que não se deve julgar um livro pela capa, mas assim que o vi pela primeira vez me encantei!!! A capa de Sussuro é perfeita!! Impossível não gostar!

Sussurro” é o primeiro livro da saga de mesmo nome, escrita por Becca Fitzpatrick, publicado pela editora Intrínseca. “Crescendo”, “Silence” e “Finale”, são os livros que dão sequência à saga, nessa ordem. O romance ficcional entre Nora Grey e Patch é extremamente envolvente, e o fato dele ser escrito todo em primeira pessoa, contado pela perspectiva de Nora, facilita que você se imagine vivenciando tudo o que acontece entre eles.

Nora Grey e sua melhor amiga Vee Sky são duas adolescentes normais. Elas não são problemáticas ou dramáticas em excesso, escrevem matérias para o jornal da escola, gostam de ler, escrevem resenhas para o E-zine, são extremamente curiosas e deixam o seu instinto investigativo falar mais alto, o que deixa a história cada vez mais divertida e interessante.

Vee é simplesmente a melhor amiga de Nora. Ela, “…tem olhos verdes, cabelos loiro-marta, e alguns quilos acima de curvilínea…”. Nora é a típica garota que se acha magrela, que tem cabelos cacheados e rebeldes, e que não faz parte do grupinho popular da escola. Patch (O Maravilhoso), é um garoto supermisterioso que surge de repente na escola. Ele faz o estilo roqueiro, está sempre vestido de roupas pretas, não faz questão de ser simpático ou legal e tem um físico que chama atenção de qualquer garota em sã consciência.

A vida de Nora era como a de qualquer adolescente, até Patch entrar em sua vida. O jeito misterioso, irônico e sedutor provocam o interesse e curiosidade de Nora. Coisas estranhas começam a acontecer e Nora já não sabe mais em quem confiar, de repente um estranho parece mais confiável por ter as respostas que precisa, do que sua melhor amiga ou sua família.

O livro é sobre o romance proibido entre um anjo caído, Patch, que deseja tornar-se humano, e Nora Grey, uma humana. Mas para viver esse amor, o casal terá que enfrentar muitas batalhas, envolvendo arcanjos, anjos, nephelins, por exemplo.

A história do livro pode até parecer clichê, mas não se engane pelas aparências, pois autora Becca Fitzpatrick tem o poder de prender a nossa leitura do início ao fim. Os cenários são muito bem descritos com quantidade necessária de detalhes e emoção. Outra qualidade da autora é que ela sabe recriar situações com muitíssima diversão, romantismo, ação, suspense, que fazem você roer até as unhas. Ah, e os finais que ela cria são de fazer qualquer um enlouquecer de ansiedade e curiosidade.

Sussurro é um livro indicado para todas as idades e gêneros. Se você está a procura de romantismo, ele tem. Se quiser ação, ele tem. Se desejar diversão e humor, ele também tem! Conselho bom: se você não leu ainda, corra para alguma livraria, porque com certeza você vai querer tê-lo na sua estante. Digo isso por experiência própria. Fica a dica… 😉

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha: Sussurro (#1), de Becca Fitzpatrick

  1. Pingback: E vamos falar de Abril?! |

Para comentar, é aqui ó ↓ ....

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s