Resenha: O Diário Secreto de Lizzie Bennet, de Bernie Su e Kate Rorick

Por Rai Louven
@rai_louven

Foto: divulgação Verus Editora

Foto: divulgação Verus Editora

Hoje eu vou falar (escrever) sobre um livro maravilhoso que me conquistou, me traduziu, me deu esperança e me fez rir muito…É com muito prazer que eu lhes apresento “O Diário Secreto de Lizzie Bennet”, escrito por Bernie Su e Kate Rorick, e publicado pela Verus Editora!

Bennet… tenho certeza de que para alguns esse sobrenome soa um tanto familiar, não é mesmo?! Bom, é proposital, uma vez que o livro é uma releitura bastante moderna do clássico Orgulho e Preconceito, da Jane Austen, baseada na web série de sucesso do Youtube “The Lizzie Bennet Diaries”.

Em “O Diário Secreto de Lizzie Bennet”, os Bennet são uma família de classe média, formada por: uma mãe que vive para conseguir casar suas três filhas com bons partidos (homens ricos e de bom caráter); um pai calado e muito observador, e três irmãs lindas, mas completamente diferentes no quesito personalidade: Jane, Lizzie (Elizabeth) e Lydia.

Nesta adaptação, Elizabeth, agora mais conhecida como Lizzie, estuda comunicação de massa na pós-graduação, junto com sua melhor amiga Charlotte Lu. Como um projeto para a faculdade, Lizzie decide criar uma vlog no Youtube, onde ela compartilha um pouco da loucura da sua família. O resultado disso: muita confusão!

Para melhorar ainda mais o cenário e as previsões de “confusão à vista”, eis que dois rapazes solteiros, ricos e bonitos chegam à cidade, Bing Lee e Willian Darcy. Solteiro, ricos e bonitos = ganhar na loteria para a mãe de Lizzie, ou seja, a Sra. Bennet não vai deixar essa “sorte” escapar de suas mãos. Traduzindo, mais confusão!

Como o próprio título já diz, o livro é um diário, o que significa, que ele é todo contado em primeira pessoa, a partir da visão da Lizzie. Esse detalhe torna-o ainda mais interessante, porque a forma como a protagonista “escreve” é tão original, simples, direta, divertida, lúdica… fugindo completamente do clichê “meu querido diário”. Até, porque, convenhamos, acho que a Elizabeth da Jane Austen, mesmo a lá do passado, escreveria desse jeito, se tivesse um diário!

Preciso fazer uma confissão e espero que me perdoem: eu não li a obra original, AINDA. Apenas vi o filme e li esta nova adaptação, mas olha só que notícia boa: foi através de “O Diário Secreto de Lizzie Bennet” que eu fiquei apaixonada pela história e agora quero muito ler Orgulho e Preconceito, o original.

Geralmente, as pessoas costumam elogiar muito o romance entre a Lizzie e o Sr. Darcy, porque realmente é uma história bonita. Mas, o que eu mais gostei no livro foi da personalidade da protagonista. Ela é decidida, inteligente, direta, bastante reativa, sincera e impulsiva, e para o desespero da Sra. Bennet, não sonha com casamentos. Amo personagens assim!!!

Ahh, e o Sr. Darcy… sim, ele também faz o tipo de homem e protagonista que merece muito meu respeito! ❤ Eu voto por um mundo com mais homens assim!! #pf!

Outro detalhe que me deixou super in love com “O Diário Secreto de Lizzie Bennet” foi o fato de ele falar um pouco sobre o mundo da comunicação. Quando terminei de ler o livro, estava quase procurando uma pós-graduação na área para eu me inscrever e começar um projeto parecido com o da Lizzie! Vai ver é porque eu sou de comunicação também… rs

Depois de tuudo isso que eu falei, acho que já deu para perceber como “O Diário Secreto de Lizzie Bennet”, escrito por Bernie Su e Kate Rorick, publicado pela Verus Editora, está muito bem recomendado!! Leiam o livro e me digam depois se concordam comigo ou não! 😉 Eu acho que vão concordar… rs

  • The Lizzie Bennet Diaries
  • A web série, criada por Hank Green e Bernie Su, estreou em abril de 2012 como uma adaptação de Orgulho e Preconceito, porém, em formato de vlog e com um toque especial de humor. Um projeto bem original, na minha opinião, pelo menos, visto que esse foi o primeiro que conheci. Nela, Lizzie Bennet é uma vlogueira do Youtube e publica vídeos falando sobre a rotina da sua família (que está longe de ser calma ou normal). A série foi encerrada em março de 2013, no seu centésimo episódio, mas ainda está disponível para quem quiser assistir. ^^

    Fonte: Wikipédia Brasil | Verus Editora

    Anúncios

    Para comentar, é aqui ó ↓ ....

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s