Resenha: A Seleção, de Kiera Cass

Por Rai Louven
@rai_louven

A Seleção é o primeiro livro da série de mesmo nome escrita por Kiera Cass e publicado em 2012 pela editora Seguinte. A Elite, A Escolha e A Herdeira dão continuidade à sequência.

Já tem mais de 1 anos que eu li os três primeiros, mas na época eu não tinha o blog ainda e não cheguei a fazer resenhas sobre eles. Mas, para você que ainda não leu os livros, vou falar um pouquinho sobre o primeiro livro, A Seleção, mas sem entrar em muitos detalhes (até porque alguns já me fugiram a memória, devido ao tempo).

O livro narra a disputa de 35 moças pelo coração do Príncipe Maxon. Mais do que uma chance de viver um romance, a Seleção (como é chamado essa espécie de concurso à procura de uma noiva) é também uma oportunidade para as jovens fugirem das realidades de suas castas (que ás vezes podem ser bem precárias) e proporcionarem a si mesmas ( e as suas famílias), uma vida repleta de luxos, fartura e bastante ostentação. Ahh, e um pequeno detalhe, a escolhida também será a futura Rainha de Illéa.

Foto: Veja online
selecao-original

Castas?! Então, Illéa é um país ainda regido pela monarquia (claro neh Railane, se tem príncipe, princesas e rainhas na história!) e organizado por um sistema de castas, onde as pessoas são separadas por funções/áreas de trabalho, determinadas desde seu nascimento.

Por exemplo, América Singer e Maxon são os protagonistas da série. Ela é uma artista porque nasceu numa família de artistas, como pintores, cantores etc., logo ela pertence à casta de número 5 e os únicos trabalhos que poderá realizar em sua vida serão aqueles que envolvem a sua casta, a não ser que ela se case com alguém de uma casta diferente.

Ele (Maxon) é um Príncipe porque é filho do Rei e Rainha de Illéa, logo ele pertence à casta de número 1, a mais alta e rica de todo sistema. Maxon está destinado a ser Rei desde seu nascimento e não há outro trabalho que ele possa exercer, mas pode se casar com uma moça de qualquer casta, sem se preocupar em perder a sua própria, visto que é a casta do marido quem sempre determina a nova casta da esposa.

América nunca pensou em se inscrever para participar da Seleção, por vários motivos, como:

  • Ela não tem interesse em se tornar princesa ou Rainha;
  • Ela não quer se casar com Maxon,
  • Ela já tem um namorado (só que escondido);
  • E ela não quer viver longe de sua família;

Apesar disso, estes quatro argumentos não foram fortes o suficientes para evitar que América fosse parar na Seleção junto às outras 34 jovens ou que ela conhecesse e morasse sob o mesmo teto que o príncipe Maxon, ou ainda que tivesse que usar vestidos e fazer muitas outras coisas que não lhe agradavam. A vida dela teve que mudar completamente….

A Seleção tem 368 páginas que você vai devorar em um único dia, tenho certeza! A leitura dele é muito tranquila e a autora consegue te transportar totalmente para dentro do livro com sua narração leve e divertida. Ahh, esqueci de comentar, o livro é todo em primeira pessoa, contado sob o ponto da América.

Todos os livros da série A Seleção estão muito bem recomendados, na minha opinião! ^^

Contos de A Seleção

O sucesso da série foi tão grande que entre um livro e outro, Kiera Cass escreveu três contos: O príncipe, O guarda e A Rainha, respectivamente. Inicialmente todos os contos foram publicados apenas na versão online, como E-book, e disponibilizados gratuitamente no site da editora Seguinte.

Os dois primeiros foram lançados antes de “A Escolha” (livro #3) ser publicado e já ganharam uma versão impressa, já o último (A Rainha) foi lançado em dezembro de 2014, antes de A Herdeira (livro #4), e ainda continua apenas como E-book.

Vou deixar aqui a sinopse de cada conto e link para fazer o download no título de cada um:

61770_gg

O príncipe:
Conto inédito e gratuito, O Príncipe não só proporciona um vislumbre dos pensamentos de Maxon nas semanas que antecedem a Seleção, como também revela mais um pouco sobre a família real e as dinâmicas internas do palácio. Você descobrirá como era a vida do príncipe antes da competição, suas expectativas e inseguranças, assim como suas primeiras impressões quando as trinta e cinco garotas chegam ao palácio.

É uma leitura indispensável a todos que terminaram A Seleção e ficaram querendo mais! Ao final, contém os dois primeiros capítulos de A Elite, segundo volume da trilogia.
Foto: Editora Seguinte

61771_gg

O guarda:
Antes de ir para o palácio competir pelo coração do príncipe Maxon, America Singer era completamente apaixonada por Aspen. Criado como um Seis, ele nunca imaginou que acabaria se tornando um dos soldados responsáveis por proteger a monarquia. Em O guarda, a história é contada pelo seu ponto de vista, a partir do momento que a Seleção é reduzida à Elite. Sua rotina é composta de exercícios e tarefas variadas dentro da casa da família real – desde cuidar da correspondência até combater os ataques rebeldes. Pela primeira vez, o enfoque é o mundo paralelo dos funcionários do palácio, suas dinâmicas e rede de relacionamentos, que America nunca chegou a conhecer.

O guarda também está disponível em edição impressa, como parte da antologia Contos da Seleção, que traz ainda O príncipe com final estendido e bônus exclusivos (como uma entrevista com a autora e informações inéditas sobre os personagens), além dos três primeiros capítulos de A escolha, último livro da trilogia, que será lançado em maio de 2014.
Foto: Editora Seguinte

61758_gg

A Rainha:
Uma das personagens mais cativantes de A Seleção é a rainha Amberly, mãe do príncipe Maxon. Ao longo da série, descobrimos pouca coisa a seu respeito, e muitas dúvidas permanecem: como uma pessoa tão bondosa e gentil se apaixonou por um homem rígido e impiedoso? Por que Clarkson a escolheu, considerando que ela vinha de uma casta baixa e de uma província pobre? E qual era exatamente seu estado de saúde?

Chegou a vez de Amberly contar sua própria história. Em A rainha, disponível em edição digital, acompanhamos a Seleção anterior à de America Singer, quando Amberly foi ao palácio com outras trinta e quatro garotas para disputar o coração do então príncipe Clarkson. O leitor enxergará uma nova faceta do rei através dos olhos apaixonados de Amberly, entenderá melhor o relacionamento dos dois e conhecerá um pouco mais do passado dessa personagem tão encantadora – uma garota simples que provou que uma rainha pode vir de qualquer casta.
Foto: Editora Seguinte

E vocês? Já leram algum da série? Ou algum dos contos? Ficaram apaixonadas pelo Maxon? hahaha

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: A Seleção, de Kiera Cass

  1. Pingback: Divulgada capa de A Coroa, quinto livro da saga A Seleção |

  2. Pingback: Desafio Fotográfico | Leitura (#thefabulousproject) |

Para comentar, é aqui ó ↓ ....

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s